Go back
08 January 2013 13h04

Álvaro Santos Pereira: "Futuro melhor passa pela ciência e engenharia"

“A engenharia portuguesa é sinónimo de grande qualidade. Temos os nossos engenheiros nos quatro cantos do mundo, em áreas cruciais das novas tecnologias”, frisou Álvaro Santos Pereira, na cerimónia de assinatura do protocolo entre o governo e a Siemens para o ensino da engenharia em Portugal. “É crucial continuarmos a apostar na engenharia made in Portugal”.
 
De acordo com o ministro da Economia, o protocolo assinado esta manhã no Pavilhão do Conhecimento “é da maior importância”. “É assim que iremos lançar as bases para um futuro melhor. Um futuro melhor para a Europa e Portugal passa pela ciência, engenharia, inovação e formação”.
 
Santos Pereira reiterou a importância da aposta na reindustrialização do País, um passo fundamental para voltar ao crescimento económico sustentado. “Quem pensa que uma agenda de reindustrialização é voltar para o século XIX é porque não entrou em empresas modernas. A agenda da reindustrialização é uma agenda de formação, de conhecimento e de ciência”, sublinhou.
 
Segundo o ministro da Economia, a aposta no sistema dual e de aprendizagem constitui já um grande passo nesse sentido. Ainda assim, frisa Santos Pereira, é necessária ainda mais colaboração entre o ensino e as empresas. “O que estamos a fazer é mudar o paradigma em Portugal. Em vez de nos focarmos na atribuição de diplomas, como prioridade, estamos a apostar na qualificação real. É com empreendedorismo, inovação e conhecimento, e com estas parcerias que iremos voltar a crescer”.