Go back
23 April 2013 11h26

BCP é o segundo banco que mais sobe na Europa

As acções do BCP estão a subir 3,09% para 0,10 euros, recuperando assim parte das quedas registadas em Março. Esta é a segunda subida mais pronunciada entre os membros do Stoxx 600, só ultrapassada pelo Swedbank, que está a avançar 4,13%.
 
O BCP continua a beneficiar do acordo de venda da unidade grega ao Piraeus. O banco liderado por Nuno Amado vai vender o Millennium Bank por um milhão de euros, num acordo que determina que vai injectar 400 milhões de euros no Piraeus, ficando com uma posição que venderá posteriormente.
 
O acordo define ainda que o BCP será reembolsado dos 900 milhões de que injectou na unidade grega. A venda do Millennium Bank liberta cerca de 530 milhões de capital ao BCP.
 
As acções do banco português estão a acumular um ganho de 11%, desde sexta-feira, dia em que noticiado que as autoridades gregas aprovaram esta operação. Ontem, o banco oficializou, em comunicado, que chegou a acordo para vender a unidade.
 
O banco continua desta forma a recuperar parte das perdas registadas nos últimos anos. Em três anos, o BCP perdeu 85% do seu valor bolsista, num período marcado pela crise de crédito e de dívida, por necessidades de recapitalização e por um período em que a reputação da instituição sofreu alguns abalos.
 
Já este ano, o cenário é oposto. As acções acumulam um ganho superior a 33%, recuperando assim parte das perdas. É, inclusivamente, o terceiro banco que mais sobe entre os 46 membros do índice europeu Stoxx 600.