Go back
02 July 2013 08h14

Bolsa nacional contraria alta das praças europeias

A bolsa nacional negoceia em terreno negativo, contrariando a tendência de alta ligeira das principais praças europeias, que seguem o desempenho também positivo das principais praças asiáticas.
 
O PSI-20 cede 0,56% para 5.582,78 pontos, com 12 cotadas em queda, quatro em alta e outras tantas inalteradas. Nas praças europeias os índices marcam ganhos ligeiros, depois das praças asiáticas terem fechado em alta, conseguindo o maior ciclo de ganhos desde Abril.
 
Os investidores aguardam, com expectativa, a divulgação de dados económicos nos Estados Unidos. Esta terça-feira será divulgada a evolução das encomendas à indústria e as previsões apontam para uma subida de 2% face ao mês de Abril.
 
Em Lisboa a demissão do ministro Vítor Gaspar continua a centrar atenções, com a sua substituição por Maria Luís Albuquerque determinar um agravamento muito ligeiro dos juros da dívida pública portuguesa. A “Yield” das obrigações a 10 anos agrava-se 3 pontos base para 6,42%.
 
O sector financeiro é o que se destaca pela negativa. O Banco Comercial Português desce 1,02% para 0,097 euros, o Banco BPI cai 1,61% para 0,915 euros e o BES recua 2,5% para 0,623 euros.
Também em queda, a Galp Energia cai 0,95% para 11,505 euros e a Sonaecom desvaloriza 2,56% para 1,56 euros.