Go back
27 May 2013 13h12

Carteiros dos CTT passam a ter bicicletas para distribuir correio

Os CTT lançaram, em comunicado, a decisão de introduzir 122 bicicletas na sua rede de distribuição de Norte a Sul do País.
 
A maior parte terá o auxílio de um sistema eléctrico e são produzidas em Portugal. A empresa prevê que percorram diariamente 1.400 km o que pode significar uma poupança de 50 toneladas de CO2 por ano.
 
OS CTT são já o 6º operador postal do mundo com um melhor desempenho carbónico e, consequentemente, ecológico. Para além da introdução das bicicletas, os Correios de Portugal dispõem já de 224 veículos ecológicos como scooters eléctricas, viaturas hibridas ou viaturas eléctricas ligeiras.
 
O novo meio de transporte entrará em vigor na próxima terça-feira, 28 de Maio, em Lisboa. Nesse dia uma parte do correio do Parque das Nações será já entregue por bicicleta. Também é possível experimentar este meio de transporte durante a manhã, pois 100 estarão em exposição na praça da Gare do Oriente.
 
O investimento deste projecto representa uma quantia de 245 mil euros, a produtora, escolhida em concurso público é a Águeda pela Órbita. Para além das 150 bicicletas produzidas com soluções “à medida” dos Correios, a fabricante criou também uma rede de assistência nacional.
 
Lisboa (Restelo, Ajuda e Parque das Nações), Rio Maior, Azambuja, Cartaxo, Almeirim, Marinhais e Benavente são os locais onde os carteiros vão utilizar bicicletas.