Go back
08 July 2013 10h36

César das Neves: "Que interesse teria Merkel em arruinar o sul da Europa?"

“Pelos jornais, a crise é o inferno. O debate político atingiu tal violência que se acusam políticos, banca, Alemanha ou Comissão dos propósitos mais sinistros. Todos se vêem como vítimas inocentes de monstros malvados”.
 
Na opinião do professor de Economia da Universidade Católica, o nível do debate não vai à raiz dos problemas. “Nem param para pensar que interesse teriam os ministros em destruir o Estado social ou Merkel em arruinar o Sul da Europa. São simplesmente malignos”, escreve João César das Neves no Diário de Notícias, num artigo de opinião intitulado "A raiz do mal".
 
“Esta atitude é apenas um de muitos casos em que hoje se apontam pessoas como demónios. Nas discussões acerca do ambiente, feminismo, racismo e outros problemas, é normal aparecer esta insólita visão de um mal radical ameaçando inocentes”.
 
Face a um passado ainda relativamente recente, acrescenta, “o fanatismo simplista das ideologias abrandou mas, continuando sem resposta cabal para o irredutível mistério do mal, hoje repetem-se os erros”.