Go back
09 May 2013 12h28

Desemprego na agricultura aumenta 53% em apenas três meses

Segundo os números divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), em comparação com o último trimestre de 2012, os primeiros três meses deste ano apresentaram um crescimento 37,5 mil de desempregados à procura de um novo emprego (4,6%).
 
Apesar de o sector dos serviços ser aquele que mais contribuiu para o aumento do número de pessoas sem trabalho, lançando mais 19,1 mil pessoas para o desemprego neste período (mais 4,1%), a agricultura, pescas, caça, produção animal e florestas foi, de longe, o sector com o maior aumento relativo.
 
Em apenas três meses, os desempregados com origem neste sector aumentaram 9,4 mil (53,1%). Ao longo de 2012, até vinha seguindo uma tendência descendente, tendo disparado agora no virar do ano.
 
No que diz respeito à indústria, o desemprego com origem nesse sector cresceu 3,6%, com mais 11 mil pessoas à procura de um novo trabalho.
 
Os números publicados hoje pelo INE mostram que a taxa de desemprego nacional aumentou de 16,9% para 17,7%, afectando já mais de 950 mil portugueses.