Go back
02 May 2013 10h31

Euribor a seis meses recua para novo mínimo histórico

A Euribor a seis meses perdeu terreno ao descer 0,02 pontos base para 0,313%, esta quinta-feira, um nível nunca antes atingido. As restantes maturidades mantêm-se inalteradas, numa altura em que os investidores aguardam com expectativa a divulgação da decisão do Banco Central Europeu (BCE) sobre a evolução da taxa de juro de referência para a Zona Euro. Os economistas acreditam que a autoridade monetária vai anunciar um novo corte de juros para 0,50%, o que corresponde ao valor mais baixo de sempre.
 
A autoridade monetária da Zona Euro vai reunir-se hoje, quinta-feira, e revelará às 12h45, hora de Lisboa, a sua decisão sobre a taxa de juro, actualmente nos 0,75%, um valor fixado em Julho de 2012.
 
A expectativa do mercado e da maioria dos economistas é que o BCE anuncie um corte de juros para um novo mínimo histórico de 0,50%, face aos dados económicos decepcionantes divulgados na última semana. Na passada terça-feira, o Eurostat revelou que a taxa de desemprego da Zona Euro continua a subir, tendo tocado o novo recorde de 12,1% o que aumenta as expectativas quanto a uma possível descida.
 
Os investidores aguardam também pelas declarações do presidente do BCE, Mario Draghi, que vai explicar a decisão da autoridade monetária por volta das 13h30.
 
O banco central tem nos últimos meses resistido à pressão externa no sentido de cortar a taxa de juro, com alguns governadores a questionarem a eficácia da decisão numa altura em que, consideram que o problema não está no nível das taxas, mas na transmissão da política monetária a todos os países da Zona Euro.
 
Porém, o alemão Jens Weidmann afirmou que o BCE poderia ajustar as taxas consoante os dados económicos que surgissem. Estas declarações convenceram a maioria dos observadores que se assistirá a um corte da taxa directora para 0,5%, quinta-feira.