Go back
23 May 2013 11h05

Indicador aponta para saída da Zona Euro da recessão no terceiro trimestre

A actividade no sector dos serviços e a produção nas indústrias dos países da Zona Euro, medida pelo indicador da Markit Economics, voltou a cair em Maio, mas menos do que no mês anterior e menos do que previam os economistas.
 
O indicador composto, que resulta de inquéritos regulares a gestores de compras em ambos os sectores, subiu de 46,9 em Abril para 47,7 em Maio, excedendo o valor de 47,2 para que convergia a média das previsões dos 27 economistas previamente consultados pela agência Bloomberg. Em todos os casos, o indicador permaneceu abaixo de 50, o que indica que a actividade nestes dois sectores, que representam o essencial do PIB da Zona Euro, permanece em retracção.
 
Estes dados levaram, no entanto, economistas consultados pela agência Bloomberg a reiterar a expectativa de que a Zona Euro sairá da mais longa recessão da história da união monetária no terceiro trimestre deste ano, após sete trimestres sucessivos de recuo da actividade económica.
 
"Vemos a Zona Euro sair da recessão no terceiro trimestre", disse Christian Schulz, economista sénior do Berenberg Bank, em Londres.