Go back
12 June 2013 11h40

Inditex abranda ritmo de crescimento dos lucros para 1,6%

A Inditex registou um aumento de 1,6% do resultado líquido para 438 milhões de euros, no primeiro trimestre fiscal de 2013, terminado em Abril. Estes números representam a menor subida dos lucros da retalhista espanhola, desde o primeiro trimestre de 2010, segundo a agência Bloomberg.
 
O resultado ficou aquém dos 440 milhões de euros, estimados pelos analistas consultados pela agência Bloomberg. É a terceira vez consecutiva que a dona da Zara falha as previsões dos analistas.
 
As vendas da Zara atingiram os 3,59 mil milhões de euros, entre Fevereiro e Abril de 2013, o que significa um ritmo de crescimento anual de 5,2%, o mais lento desde o terceiro trimestre de 2011, de acordo com o “Wall Street Journal”.
 
A penalizar os resultados da Zara terá estado o Inverno mais longo do que o esperado, que atrasou as vendas da colecção de Primavera, nas lojas do grupo espanhol. Amancio Ortega, proprietário da Inditex, enfrenta ainda adversidades no mercado interno devido à conjuntura económica e social que Espanha atravessa, com o desemprego a atingir 27% da população, lembra a Bloomberg.
 
Nos primeiros três meses deste ano fiscal a companhia abriu 49 lojas novas em 30 países distintos, refere o “WSJ”. O número de lojas da Inditex ascendia, no final de Abril, às 6.058 unidades, em 86 mercados diferentes. Rússia, Japão e China foram os mercados em que o grupo abriu mais espaços comerciais.