Go back
11 July 2013 14h47

Menezes espera que surja "rapidamente" um Executivo estável em Portugal

"Estou muito preocupado com a situação do país e espero que rapidamente seja encontrada uma forma de termos um Governo estável que faça com que todo o trabalho e os sacrifícios que os portugueses fizeram durante estes anos não vão por água abaixo", disse o também conselheiro de Estado.
 
Menezes, que disse falar como "cidadão comum", recusou-se a comentar directamente a proposta do Presidente da República para um compromisso de salvação nacional, considerando que "já há gente a mais" a falar da situação política nacional.
 
"Há muitos politólogos, muitas pessoas que contribuíram ao longo dos anos para a desgraça do país e que continuam a comentar na televisão e a dar soluções para o país", acrescentou.
 
O Presidente da República propôs na quarta-feira, numa comunicação ao país, um "compromisso de salvação nacional" entre PSD, PS e CDS que permita cumprir o programa de ajuda externa e que esse acordo preveja eleições antecipadas a partir de Junho de 2014.
 
Cavaco Silva considerou também "extremamente negativo para o interesse nacional" a realização imediata de eleições legislativas antecipadas.
 
A declaração do Chefe de Estado surgiu depois de ter ouvido todos os partidos com representação parlamentar e com os parceiros sociais e na sequência do pedido de demissão apresentado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, no dia 2 de Julho.