Go back
03 June 2013 18h49

Mercado automóvel regista queda homóloga de 1,4% nos primeiros cinco meses do ano

O mercado automóvel português sofreu uma ligeira quebra nos primeiros cinco meses do ano de 1,4%, para 49.248 automóveis vendidos, uma queda que foi acentuada no mês de Maio.
 
Em relação ao mês de Maio, a contracção foi mais acentuada, de 4,2%, tendo sido comercializados 11.664 veículos ligeiros e pesados, segundo dados da ACAP (Associação Automóvel de Portugal).
 
No mês de Maio foram vendidos em Portugal 10.061 automóveis ligeiros de passageiros, o que reflecte uma diminuição de 5,7% face ao mês homólogo. Nos primeiros cinco meses de 2013, as vendas de veículos ligeiros de passageiros situaram-se nas 42.237 unidades, tendo apresentado uma variação negativa de 0,8% relativamente ao período homólogo.
 
Em relação aos veículos comerciais ligeiros, e para o mês de Maio, foram comercializados em Portugal 1.480 veículos, o que representou um aumento de 11,9%. Nos primeiros cinco meses do ano de 2013, o mercado atingiu as 6.204 unidades vendidas, tendo-se registado um decréscimo de 4,9% face ao período homólogo.
 
Quanto ao mercado de veículos pesados de passageiros e mercadorias, em Maio verificou-se um decréscimo nas vendas de 34,6% face ao período homólogo. Em termos acumulados, de Janeiro a Maio de 2013, as vendas sofreram um decréscimo de 8,1% em relação ao mesmo período do ano passado.
 
VW sobe
 
As marcas líderes de vendas no mercado nacional, tanto em Maio, como desde o início do ano são as mesmas de 2012, ou seja, a Renault, a Volkswagen e a Peugeot. Contudo, destas três marcas, apenas a Volkswagen registou uma subida das vendas, tanto em Maio, como desde o início do ano, 0,1% e 1,3%, respectivamente. No caso da Renault, a marca líder em Portugal, as quebras nas vendas foram de 13,9% em Maio e 8,1% desde o início do ano.
 
A Mercedes e a Dacia, que faz parte do grupo Renault, foram duas das marcas que mais aumentaram as vendas. A construtora alemã registou uma subida das vendas de 35,3% em Maio, e de 31,1% desde o início do ano. A Dacia registou um aumento das vendas de 78,9% em Maio, e de 54,3% desde o início do ano.
 
Na ponta oposta, e com algum peso no mercado nacional, estão a Kia e a Ford. A marca sul coreana  registou um decréscimo de 26,8% nas vendas em Maio, e de 34,2% desde o início do ano. A Ford viu os seus números caírem 20,4% em Maio, e 25,1% desde o início do ano.