Go back
16 May 2013 00h40

Parlamento Europeu acusa Estados de colocarem condições inaceitáveis para subir Orçamento de 2013

"A posição dos Estados é insustentável, porque em Novembro vão faltar 2,5 mil milhões de euros para financiar as acções do fundo social europeu", disse à AFP o eurodeputado conservador francês Alain Lamassoure, que preside à comissão do Orçamento do Parlamento Europeu.
 
O eurodeputado conservador italiano Giovanni La Via, que é relator para o orçamento de 2013, previu que a falta de dinheiro vai começar a ser constada "a partir de Julho".
 
Em comunicado divulgado na quarta-feira, 15 de Maio, pelo grupo do Partido Popular Europeu, que junta os partidos conservadores e é a primeira força política do Parlamento, com cerca de um terço dos eleitos, La Via afirmou que esta situação "vai colocar em risco o apoio às empresas europeias e aos programas para os jovens".