Go back
14 November 2012 13h41

Presidente da Colômbia: "É preciso encontrar equilíbrio entre austeridade e crescimento"

“Esperamos que a Europa em geral, e Portugal em particular, consigam sair deste ciclo o mais rápido possível e que os países da América Latina, como a Colômbia, possam colaborar nesse processo”, afirmou Juan Manuel Santos, no final do encontro com Cavaco Silva, no Palácio de Belém. “A crise europeia afecta a Colômbia e a América Latina, por isso, é do nosso interesse poder contribuir, dentro das nossas capacidades, para melhorar a situação económica da Europa”.

Juan Manuel Santos lembrou que “a Colômbia viveu uma crise parecida à que está a viver Portugal, mas cada país tem as suas circunstâncias particulares”. A Colômbia também recebeu ajuda externa em 1999 e 2001 para ultrapassar dificuldades financeiras.

“É preciso encontrar equilíbrio entre austeridade e crescimento e pôr em marcha as reformas que criem confiança. A confiança é fundamental para os agentes económicos”, frisou o chefe de Estado colombiano.

Sobre as relações com Portugal, o presidente da Colômbia afirmou que “nos últimos dois anos, redescobrimo-nos (Portugal e a Colômbia) e com muito entusiasmo”. “O interessa da Colômbia por Portugal e o de Portugal pela Colômbia tem crescido. Para nós Portugal é um país muito importante, não só a nível comercial mas também nas áreas da educação, cultura, nas artes e na literatura”, concluiu o responsável.