Go back
03 May 2013 20h41

Primeiro-ministro anuncia medidas no valor de 4,8 mil milhões mas está aberto a alternativas

As medidas anunciadas hoje por Pedro Passos Coelho, que incidem sobretudo sobre os pensionistas e funcionários públicos, foram quantificadas pelo próprio em 4,8 mil milhões de euros. Um valor que supera em 800 milhões de euros o objectivo acordado com a troika.
 
Estas medidas devem ser vistas como um conjunto de alternativas completo, para atingir o objectivo de 4 mil milhões de euros, sublinhou Pedro Passos Coelho na comunicação ao país que efectuou hoje, assegurando que este conjunto de possibilidades de medidas “não estão fechadas”.
 
(notícia em actualização)