Go back
04 June 2013 10h42

Roubini: "Portugal está a sofrer de fadiga da austeridade. Isso vê-se nas ruas"

"Portugal tem vindo a fazer as suas reformas estruturais, mas está a sofrer de fadiga da austeridade, e isso começa a ver-se nas ruas”, afirmou Nouriel Roubini, aos jornalistas portugueses que acompanham em Nova Iorque os “Pan European Days”, evento onde 12 empresas nacionais procuram passar a mensagem de que o País está a ter sucesso no ajustamento das contas públicas.
 
“O governo está a demonstrar vontade de prosseguir com as reformas mas, perante essa fadiga, temos de perceber o que vai ceder primeiro”, acrescentou, depois de uma intervenção de 20 minutos onde o economista se debruçou sobre as tendências macroeconómicas mundiais, sempre com uma perspectiva negativa – não fosse apelidado de Dr. Doom.
 
Roubini, que prometeu descolar-se a Portugal nos próximos meses, sublinhou que não é só o País que tem de fazer o esforço. “É preciso ver como evolui a Europa, ver se a Europa faz a sua parte, nomeadamente a Alemanha", rematou o economista.
 
*o jornalista em Nova Iorque a convite da NYSE Euronext Lisbon