Go back
27 April 2013 11h14

Seguro garante que última carta do Governo terá resposta "para a semana"

De acordo com a edição de hoje do semanário Expresso, a carta assinada pelo novo ministro adjunto, Miguel Poiares Maduro, chegou à sede do PS na quarta-feira para um novo encontro de trabalho na próxima semana.
 
"Nós recebemos uma carta com o objetivo de nos entregar um documento e de haver várias reuniões com os partidos. Essa carta terá resposta", respondeu Seguro à chegada do segundo dia do XIX Congresso Nacional do PS, em Santa Maria de Feira.
 
O secretário-geral do PS foi peremptório: "Todas as cartas têm resposta e portanto para a semana haverá uma resposta a essa carta".
 
Seguro garantiu ainda que "o destinatário da resposta será o primeiro a saber" a posição do PS.
 
Sobre a notícia avançada por "Expresso" e "i", nas suas edições online, de que o Conselho de Ministros de sexta-feira teria decorrido num clima de grande tensão entre os ministros, Seguro respondeu apenas ver "com muita preocupação" este facto.
 
Perante a insistência dos jornalistas, o líder socialista remeteu para aquilo que disse na abertura do congresso "sobre consensos".
 
Na sexta-feira, no seu discurso de abertura no Congresso, o líder do PS rejeitou consensos de médio prazo com o Executivo e sublinhou que "a alternativa é tão valiosa quanto o consenso".
 
Seguro, que foi interrogado diversas vezes pelos jornalistas, seguiu o seu caminho depois de dar estas respostas sem acrescentar mais nada, entre inúmeras câmaras e cabos, pedindo para que o deixassem passar para acompanhar o "amigo Martin Schulz".