Go back
27 June 2013 12h48

Serviço de roaming mais barato na UE a partir de 1 de Julho

O roaming - uso de uma rede de telecomunicações por parte do consumidor fora do seu país de origem - passará a ser, a 1 de Julho de 2013, 36% mais barato em relação às tarifas máximas, e até 91% mais barato do que em 2007, segundo o comunicado de imprensa da Comissão Europeia.
 
Desde 2007, a União Europeia conseguiu reduzir em mais de 80% os preços de retalho das chamadas, das mensagens de texto, e dos dados, sendo que nesse período o volume do mercado do roaming de dados cresceu 630%.
 
As chamadas e as mensagens de texto terão um abatimento no custo de cerca de 90%, na União Europeia, onde se poderá incluir a Croácia, país que oficializará a sua entrada a 1 de Julho, o dia em que o regulamento entrará em vigor.
 
A vice-presidente da Comissão Neelie Kroes declarou, a este respeito que “a UE tem de ser relevante para a vida das pessoas. As últimas reduções de preços introduzidas deixam-nos com mais dinheiro no bolso para o Verão e são um passo decisivo para nos livrarmos de uma vez por todas das tarifas majoradas. Lucram os consumidores e lucram as empresas, porque o medo desaparece do mercado, fazendo-o crescer”.
 
Com este novo regulamento, os operadores poderão oferecer tarifas mais baratas, e eliminando os prémios de roaming, tanto para as chamadas como para as mensagens de texto, ou oferecer zonas sem tarifas de roaming, numa ou outra secção da Europa.
  Os novos tectos tarifários, que entram em vigor em 1 de Julho de 2013, são os seguintes:
- Descarregamento de dados ou navegação na Internet — 45 cêntimos por megabyte (MB) (facturados por kilobyte utilizado) + IVA. (redução de 36 % em comparação com 2012)
 
- Efectuar chamadas — 24 cêntimos por minuto + IVA (redução de 17 % em comparação com 2012)
 
- Receber chamadas — 7 cêntimos por minuto + IVA (redução de 12,5 % em comparação com 2012)
 
- Envio de uma mensagem de texto — 8 cêntimos + IVA (redução de 11 % em comparação com 2012)