CRS

  • O que é o CRS?
    CRS significa Common Reporting Standard e está regulado através da Diretiva comunitária 2014/10/EU do Conselho Europeu.
  • Qual o propósito/objectivo do CRS?
    O objetivo do CRS é a identificação e reporte às autoridades tributárias portuguesas, pelo Banco Carregosa, de informações de natureza fiscal sobre os seus Clientes classificados como residentes para efeitos fiscais em qualquer dos restantes países subscritores do CRS, combatendo desta forma a fraude e evasão fiscal transfronteiriça a nível mundial.
  • Como opera o CRS?
    O reporte do CRS ocorre através da troca automática de ficheiros entre os vários países aderentes, uniformizando os procedimentos de identificação de Clientes e a informação sobre património e rendimentos ou outros ganhos de investimentos obtidos em países diferentes da residência fiscal do Cliente.
  • Quais as implicações para o Banco Carregosa e os seus Clientes?
    O Banco acomodou no processo de abertura de conta de clientes a informação necessária para o reporte, nomeadamente para os clientes não residentes em Portugal, passando a reportar anualmente à Autoridade Tributária todos os clientes reportáveis no âmbito do CRS.