Operações Bancárias

  • Qual a duração de transferências a crédito e a débito? 
    As transferências solicitadas até às 15:00hm são processadas no próprio dia. Quando as transferências ocorram entre contas internas, isto é, quando ambas as contas sejam no Banco Carregosa, a data-valor e a data de disponibilização coincidirão com a data de processamento. Nas restantes transferências nacionais e nas transferências transfronteiriças em euros, o crédito ocorrerá até ao dia útil seguinte ao do seu processamento.
     
    Nas transferências transfronteiriças em moeda diferente de euros, prevê-se a disponibilidade de fundos até ao 3.º dia útil. No entanto, atendendo a que o Banco Carregosa recorre a prestadores de serviços de pagamento nas transferências transfronteiriças em moeda diferente de euros, a data-valor de crédito e a data de disponibilização devem ser consideradas como as datas mais prováveis, uma vez que o Banco Carregosa não se pode comprometer com as datas de crédito e disponibilização a serem atribuídas. 
     
    No caso de recepção de transferências, a data-valor e a data de disponibilização serão as mesmas que forem atribuídas pelos prestadores de serviços de pagamento.
  • Quais são os diferentes saldos considerados na minha conta? 
    São considerados 5 tipos de saldo diferentes, definidos abaixo: 
    • Saldo Contabilístico - Saldo, por data de movimento, que resulta da diferença entre os créditos e os débitos. Inclui todos os movimentos, do próprio dia e de dias anteriores.
    • Saldo Valor - Saldo utilizado para o cálculo de juros. Inclui todos os movimentos com data valor do próprio dia ou de dias anteriores.
    • Saldo Disponível - Saldo que o cliente pode movimentar livremente sem que esteja sujeito a juros devedores ou outros encargos. Pode implicar o prévio encerramento de posições abertas em instrumentos derivados, uma vez que são consideradas as mais e menos valias potenciais destas posições e que não são consideradas as margens exigidas para as mesmas. O encerramento destas posições pode ter impacto sobre o património e sobre o próprio saldo disponível, dependendo do respectivo preço de realização.
    • Saldo Autorizado - Saldo que o cliente pode movimentar ainda que possa estar sujeito a pagar juros devedores ou outros encargos.
    • Saldo Autorizado para Compras - Saldo que o cliente pode utilizar para introduzir ordens de compra.
Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!