Qual é o valor de um legado?

Deixar um legado para a próxima geração é talvez o papel mais importante que um líder familiar pode desempenhar. Descubra porque é tão importante deixar um legado financeiro e como o conseguir.

 

Para quem é pai ou mãe, avô ou avó, criar um legado duradouro é simultaneamente a maior ambição e desafio, a forma mais sustentável de apoiar as próximas gerações e influenciar o futuro. 

Em contexto empresarial, a construção de um legado pode assumir a forma de trabalhar para garantir a viabilidade de longo prazo da organização e torná-la mais forte, mais produtiva e mais valiosa. 

Numa vertente pessoal, um legado materializa-se na preparação de um futuro melhor para os filhos, netos e bisnetos e num objetivo simples – proporcionar condições para que próxima geração tenha uma vida melhor. Não se trata de entregar as próximas gerações à indulgência de uma vida sem preocupações, mas sim de garantir que dedicam a vida ao que for mais importante para si, sem o condicionalismo das preocupações financeiras.

Um legado financeiro, a construção de riqueza geracional, pode ser materializado de diferentes formas.

 

 

O que é um legado financeiro?

 

Por definição, um legado financeiro é o património (dinheiro, ações, imóveis, etc.) que é transmitido numa família entre gerações. Um legado financeiro cria uma vantagem para aqueles que o herdam. No entanto, tende a diminuir de geração em geração, à medida que os membros da família esgotam a riqueza sem a substituir.

As estatísticas mostram que após a segunda geração, 70% da riqueza é esgotada, e após a terceira geração, o número aumenta para 90%. Esta estatística, ensina-nos que não se deve apenas transmitir ativos, mas também o conhecimento e os hábitos que preservam a riqueza de geração em geração. Descubra como construir um legado financeiro que perdure.

 

 

Como criar um legado financeiro

 

Um legado financeiro duradouro não se faz apenas de uma herança substancial. É necessário deixar um património capaz de gerar riqueza e uma passagem de conhecimento com hábitos financeiros saudáveis.

 

 

Um legado de património

 

Para transmitir um legado para as gerações futuras, é importante definir o que é um património financeiro. Património são ativos com potencial de gerar riqueza: por exemplo dinheiro que rende juros numa conta de poupança; imóveis que geram rendas; ações que geram receita via dividendos e valorização ou investimentos em empresas. Em suma, qualquer ativo com um efeito multiplicador.

Esta fórmula não cria apenas liberdade financeira nesta vida, permite que a transmita para as gerações futuras.

 

 

Um legado de conhecimento

 

O conhecimento é o que distingue quem atinge um elevado nível de riqueza. O mesmo se aplica na construção de um legado. Não basta ter, é preciso saber – e transmitir esse conhecimento. 

Depois de uma vida dedicada a um determinado setor, é possível que existam lacunas de conhecimento financeiro. É importante reforçar este know-how e passá-lo aos filhos: saber em que consistem diferentes veículos de investimento, como ações ou obrigações, o potencial de rentabilidade e os riscos envolvidos. E o que ter em conta na construção de carteiras de investimento. E as oportunidades e perigos de investir em momentos de expansão e recuo da economia.

No Banco Carregosa, estamos empenhados em aumentar a literacia financeira dos nossos clientes. Na nossa Academia, encontra informação atualizada, relevante e prática, que pode utilizar para aumentar as suas competências nesta área e depois transmiti-las à próxima geração.

Descubra como falar com os filhos sobre gestão de património 

 

 

Um legado de hábitos

 

Somos a soma dos nossos hábitos. Bons hábitos financeiros geram riqueza, os maus hábitos financeiros destroem-na. E os filhos são como esponjas, absorvem tudo o que os pais fazem, incluindo os seus hábitos financeiros.

O primeiro passo para criar um legado é ensinar (e praticar) hábitos financeiros saudáveis – eliminar compras por impulso, cuidar dos ativos, evitar vendas ao desbarato, reduzir o nível de alavancagem. Só desta forma é que as novas gerações vão valorizar o esforço dos pais e avós que trabalharam e se sacrificaram para que lhes dar muitas das vantagens de que agora desfrutam. 

 

 

 

Criar um legado deveria ser uma preocupação de todos.

 

Qualquer um pode construir riqueza geracional se tiver estas 3 preocupações em mente: criar um legado financeiro, de conhecimento e de hábitos. O único requisito para construir um legado é viver uma vida em função desse objetivo.

É preciso disciplina financeira de longo prazo e um plano concreto para o seu dinheiro. Mas é definitivamente uma meta que pode alcançar com as ações e a mentalidade certas. Especialmente nestes tempos desafiadores, é crucial manter uma mentalidade positiva e reconhecer os pensamentos financeiros que ajudam e aqueles que prejudicam.  Descubra como o podemos ajudar a atingir este objetivo.

 

Para consultar Informação Legal complementar, por favor clique aqui.

 

Mais Insights