Voltar
20 junho 2013 09h16

Actividade económica na Zona Euro supera estimativas em Junho

Tanto o índice para a indústria como para os serviços recuperaram terreno em Junho, revelou a estimativa preliminar elaborada mensalmente pela Markit Economics. O resultado foi uma subida do índice compósito para 48,9 pontos, o nível mais elevado desde Março de 2012.
 
Os economistas previam, em média, um valor a rondar os 48 pontos, pelo que a leitura superou o esperado em quase um ponto.
 
O indicador para a indústria subiu 0,4 pontos para 48,7 pontos em Junho, pouco acima dos 48,6 pontos esperados pelos economistas. Nos serviços, o ganho foi maior: 1,4 pontos para 48,6 pontos em Junho. Os ganhos acentuados neste indicador na Alemanha e em França suportaram o índice, que acompanha a actividade nos oito maiores países da Zona Euro.
 
“No geral, os PMI da Zona Euro são encorajadores e sugerem que o pior para a economia da Zona Euro já passou”, escrevem economistas do Newedge. “Ainda que as leituras continuem abaixo da marca dos 50 pontos, o índice compósito está agora consistente com o PIB da Zona Euro a manter-se estável no início do Verão, depois de vários trimestres de contracção na actividade”, acrescentam os especialistas.