Voltar
03 julho 2013 17h30

Afinal, Cavaco não vai ouvir partidos os partidos na quinta-feira

Os serviços do Palácio de Belém enviaram há poucos minutos a informação de agenda de Cavaco Silva para amanhã, quinta-feira, incluindo apenas dois eventos: a audiência com o primeiro-ministro, às 17:00, e a presidência à “à reunião do Conselho Superior de Defesa Nacional”, às 18:00. O Negócios questionou Belém sobre a audição aos partidos políticos, hoje anunciada numa nota da Presidência.
 
A nota, publicada esta manhã no site da Presidência, indica que o Cavaco Silva “reunir-se-á amanhã com o primeiro-ministro e ouvirá seguidamente os partidos com representação parlamentar”. Fonte oficial do Presidente explica que “seguidamente” não implica que seja amanhã, e afirma que terá havido uma má-interpretação da imprensa face à data das reuniões, que ainda não está definida.
 
A mesma fonte adianta, referindo-se à reunião, que “amanhã não vai ser, de certeza”. Ainda não estará decidida a nova data. A informação com a hora em que os partidos vão ser ouvidos não será enviada hoje. “Só amanhã [quinta] ou sexta-feira”, afirmou.
 
Cavaco Silva está esta tarde reunido com António José Seguro e recebe amanhã o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que se reúne habitualmente com o Presidente às quintas-feiras. A informação de agenda hoje divulgada, contudo, estatui que o encontro de amanhã será uma “audiência” e não uma “reunião semanal”.