Voltar
14 maio 2013 17h02

Antigo gestor do BlackRock terá sido preso por usar informação privilegiada

O antigo gestor de fundos do BlackRock, Mark Lyttleton, terá sido preso cerca de um mês depois de ter abandonado uma das maiores gestoras de fundos do mundo, segundo a Bloomberg que cita duas pessoas.
 
Lyttleton foi detido em Londres no dia 30 de Abril no âmbito duma investigação à negociação de activos financeiros com recurso a informação privilegiada (“insider trding”). A gestora de fundos observou que as acusações de que Lyttleton é alvo não terão beneficiado a BlackRock e não implicam outros funcionários da gestora de fundos.
 
“A Autoridade de Conduta Financeira (FCA, na sigla inglesa) informou-nos de que as alegações se relacionam com iniciativas tomadas para ganho pessoal, fora das nossas instalações, e que nem a BlackRock, nem qualquer outro dos nossos funcionários, estão sob investigação”, disse a empresa, por e-mail, à Bloomberg.
 
Antes de abandonar a BlackRock no final de Março, Mark Lyttleton geriu os fundos BlackRock Dynamic Fund e o BlackRock UK Absolute Alpha Fund, num valor combinado de mais 800 milhões de libras esterlinas.