Voltar
28 junho 2013 10h55

Asmussen afasta colocar BCE a imitar Fed na compra de dívida

Joerg Asmussen respondia a uma notícia do jornal alemão Süddeutsche Zeitung, que avançou que o BCE estaria a considerar ir mais longe no programa de compra de dívida. "Não posso excluir que dentro de uma grande organização alguém esteja a pensar sobre alguma coisa, mas isso não é relevante para as políticas", afirmou, num email enviado à Bloomberg.
 
Mario Draghi já tinha dito que o banco central estava a fazer uma análise de "360 graus" para encontrar novas soluções para reanimar a economia da Zona Euro. Asmussen esclareceu que o banco central está apenas a trabalhar para resolver os problemas de transmissão entre a política monetária e a economia real.
 
"O comentário sobre os 360 graus feito pelo BCE está focado na questão de como apoiar o fluxo de crédito para a economia real, em particular as PME, e em mais nada", explicou Asmussen.
 
A 6 de Junho, Draghi apresentou uma lista de medidas que o BCE poderia tentar implementar para tirar a Europa da recessão. Entre elas, estavam mais empréstimos de longo prazo para os bancos, uma taxa de depósitos negativa que incentive os bancos a emprestarem dinheiro e encontrar uma forma de estimular o mercado de títulos mobiliários. Já esta semana, Draghi sublinhou que, devido aos seus estatutos, "seria difícil" o BCE realizar o tipo de quantitative easing da Reserva Federal norte-americana.