Voltar
07 maio 2013 08h09

Banca suporta abertura positiva na bolsa nacional

A bolsa nacional abriu em alta, em linha com as principais praças europeias, estando a beneficiar com a tendência positiva do sector da banca.
 
O PSI-20 ganha 0,33% para 6.320,22 pontos, com 10 acções em alta, seis em queda e quatro inalteradas. Já ontem o índice português tinha contrariado as perdas das principais praças europeias, depois da Bloomberg ter noticiado que o IGCP tinha contratado seis bancos para avançar com uma emissão de dívida a 10 anos.
 
As bolsas europeias estão também em terreno positivo, com os mercados a serem impulsionados pela decisão do banco central da Austrália em cortar a taxa de juro do país em 0,25 pontos percentuais para um mínimo histórico de 2,75%. A suportar o sentimento positivo estão também as palavras de Mario Draghi, que esta segunda-feira voltou a deixar a porta aberta a uma descida da taxa de juro na Zona Euro, que já se encontra num mínimo histórico.
 
O Banco Espírito Santo é o que mais impulsiona a praça portuguesa, com uma subida de 1,67% para 0,915 euros. O BCP está também em alta, com uma subida de 0,93% para 0,108 euros. O banco anunciou que fechou o primeiro trimestre com um prejuízo de 152 milhões de euros, no quarto trimestre consecutivo de perdas e que comparam com lucros de 40,8 milhões de euros. no primeiro trimestre de 2012. 
 
Ainda a suportar a praça portuguesa a EDP sobe 0,46% para 2,628 euros e a Portugal Telecom ganha 0,51% para3,95 euros. Em terreno negativo destaca-se a EDP renováveis com uma queda de 0,92% para 4 euros.