Voltar
15 maio 2013 13h08

Crescimento económico alemão abaixo das expectativas leva euro para mínimos de seis semanas

O euro segue a desvalorizar 0,46% para 1,2861 dólares, a quinta queda consecutiva da divisa. A moeda única está a transaccionar em mínimos de quase seis semanas, tendo estado já a negociar a 1,2888 dólares, o valor mais baixo desde 4 de Abril.
 
A pressionar a divisa comunitária está o receio dos investidores em relação à recuperação económica europeia, depois de a Alemanha ter apresentado esta quarta-feira, 15 de Maio, um crescimento económico abaixo do esperado no primeiro trimestre do ano.
 
Os dados divulgados pelo instituto de estatística alemão apontam para um crescimento do PIB de apenas 0,1% nos primeiros três meses do ano, ao passo que os economistas esperavam uma expansão de 0,3%.
 
Também a evolução económica alemã do quarto trimestre foi revista em baixa, com o PIB a recuar 0,7% em vez dos 0,6% anunciados anteriormente. O Bundesbank aponta o Inverno rigoroso, que terá penalizado o sector da construção e os índices de confiança dos empresários, como justificação para o atraso da recuperação da maior economia europeia.
 
“É claro que são os fracos dados macroeconómicos e o crescimento divergente que estão a empurrar o euro para quedas”, afirma Stephen Gallo, estratega cambial no Bank of Montereal, citado pela Bloomberg. O estratega considera ainda que os riscos da estabilidade financeira “foram suplantados” pelos riscos da estabilidade macroeconómica e que o euro poderá cair até 1,27 dólares.