Voltar
14 maio 2013 15h35

Ferrari que pertenceu a John Lennon vai a leilão

O modelo da Ferrari que competiu nas 24 horas de Le Mans de 1953 poderá ser vendido por, pelo menos, 5 milhões de euros, em Itália, enquanto o 330 GT de John Lennon poderá chegar aos 340.000 dólares, cerca de 262.000 euros, no Reino Unido, de acordo com a Bloomberg.
 
“Há um frenesim no mercado dos leilões por Ferraris, neste momento”, segundo John Collins, negociante da Ascot. “Há novas pessoas neste mercado e poderão haver alguns especuladores. Está a ser difícil realizar negócios”.
 
É expectável que o leilão em Itália, que se realizará a 25 de Maio, consiga angariar cerca de 23,6 milhões de euros.
 
A Ferrari é a marca dominante do leilão, com 16 dos 40 carros presente no lote que vai a concurso. Entre eles está o 340/375 MM Berlinetta “Competizione”, um dos três que fez parte da equipa das 24 horas de Le Mans de 1953, e que foi desqualificado devido a um problema técnico.
 
“Este é um carro importante com uma boa história”, afirmou Collins. “Num dia louco poderá chegar aos 10 milhões de dólares em leilão”.
 
O actual dono deste carro é Paul Vestey, coleccionador e antigo piloto, que também tem um 250 GTO, o mais valioso de todos os Ferraris.
 
Já o Ferrari azul que pertenceu a John Lennon esteve perto de ir a leilão em 2011, em Paris, por cerca de 170.000 euros. Foi retirado à última da hora. Contudo, reaparecerá dia 12 de Julho por cerca de 262.000 euros, ou seja, com uma valorização de 30% face ao preço de 2011.