Voltar
02 maio 2013 09h37

Galp e Jerónimo Martins acentuam queda da bolsa

O PSI-20 cai 0,51% para 6.216,49 pontos, com 11 acções em queda seis em alta e três inalteradas. Entre os congéneres europeus a tendência não é definida, com alguns índices a subirem e outros a caírem, numa altura em que os investidores aguardam com expectativa a divulgação da decisão do Banco Central Europeu (BCE) sobre a evolução da taxa de juro de referência para a Zona Euro. Os economistas acreditam que a autoridade monetária vai anunciar um novo corte de juros para 0,50%, o que corresponde ao valor mais baixo de sempre. O Stoxx 600, que agrega as 600 maiores cotadas europeias, está a perder 0,01%.
 
Na bolsa nacional, é a Galp Energia que mais penaliza ao perder 1,15% para 12,03 euros, num dia em que o petróleo volta a subir e a negociar acima dos 100 dólares por barril no mercado londrino, que é o de referência para Portugal.
 
Ainda no sector da energia, a EDP recua 0,23% para 2,604 euros, enquanto a EDP Renováveis sibe 0,18% para 3,958 euros. Já a REN segue estável nos 2,314 euros.
 
A penalizar o índice bolsista está também a Jerónimo Martins, ao cair 0,86% para 17,93 euros, uma tendência partilhada pela sua rival Sonae SGPS, que recua 0,81% para 0,732 euros.
 
A cotada que mais trava a queda do PSI-20 é o BPI, ao subir 1,01% para 1,101 euros, com o BCP a acompanhar e a subir 0,95% para 0,106 euros. Já o BES recua 0,46% para 0,865 euros.