Voltar
23 maio 2013 21h06

Governo garante que mobilidade especial para professores só em 2014

A garantia foi deixada pelo governante no final da primeira ronda negocial com os sindicatos dos professores relativa às novas regras aplicáveis á função pública, que hoje decorreu no Palácio das Laranjeiras, em Lisboa.
 
João Casanova de Almeida explicou aos jornalistas que a passagem dos docentes a este novo regime, que o Governo renomeou de regime de requalificação profissional, só vai acontecer depois de concluídas todas as fases de colocação de professores, que decorrem até Dezembro.
 
O secretário de Estado adiantou que o Governo vai dar prioridade aos seis mil pedidos de reforma de professores que estão pendentes, que o executivo quer acelerar e ver despachados antes de Setembro e da distribuição do serviço lectivo para o próximo ano.
 
"Com isto vão ser libertados seis mil horários", afirmou João Casanova de Almeida.