Voltar
26 maio 2024 11h23

Lisboa e Porto dominam verbas do PRR para a habitação

As áreas metropolitanas de Lisboa e Porto estão a concentrar 66% dos fundos comunitários recebidos no âmbito do PRR para o programa 1º Direito, que serve para dar ajuda a municípios, IPSS, entre outros, com vista a resolver casos de famílias que não tenham habitação digna.

Estas conclusões, citadas pelo Público, foram tiradas pelos investigadores Sílvia Jorge, do Centro para a Inovação em Território, Urbanismo e Arquitectura do Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, e Aitor Oro, do Centro de Estudos em Arquitectura e Urbanismo da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto.

Até este mês de maio, foi contratualizado um financiamento de cerca de mil milhões de euros neste programa, num total de 13.200 fogos, embora poucas tenham chegado já às famílias (1.533 em março).

Entre os 152 municípios que viram aprovada pelo menos uma candidatura a este programa 98 estão, segundo o Público, na metade das autarquias mais ricas do país, com grande destaque para as grandes áreas metopolitanas.