Voltar
10 julho 2013 15h37

Ministro da Economia defende aposta europeia no gás de xisto

"Quando os Estados Unidos (...) apostam no gás de xisto e a Europa diz 'não sei, vamos ver', a Europa está a cometer um enorme erro", sustentou o governante.
 
A União Europeia deve, de acordo com Álvaro Santos Pereira, desenvolver políticas energéticas "que criem emprego e que não deixem fugir indústria para a Ásia ou para os Estados Unidos".
 
Os custos energéticos "muito grandes" são um factor de diminuição de competitividade das empresas europeias face a países como a China, onde a electricidade é "três vezes mais" barata, indicou.
 
O ministro da Economia falava hoje em Sines, na cerimónia de inauguração da Enerfuel, uma fábrica de produção de biocombustíveis da Galp Energia.
 
Álvaro Santos Pereira frisou a importância deste novo projecto, não só a nível ambiental, mas também para a balança comercial portuguesa, através do "aumento das exportações" e da "diminuição das importações".