Voltar
06 maio 2013 18h53

Nuno Amado: "São resultados difíceis mas em linha com o plano de capital"

“São resultados difíceis mas em linha com o plano de capital e com a evolução do cenário macroeconómico”, disse Nuno Amado referindo-se aos resultados que o banco registou no primeiro trimestre de 2013.
 
Neste período, o banco obteve um prejuízo de 152 milhões de euros, o que compara com o resultado líquido acumulado de 40,8 milhões de euros alcançado no primeiro trimestre de 2012.  É o quarto trimestre consecutivo em que o banco apresenta um resultado líquido negativo.
 
Na conferência de imprensa de apresentação dos resultados, Nuno Amado revelou que o banco “vai antecipar para este ano as poupanças anuais de 70 milhões de euros” previstas para 2015.
 
O presidente executivo do BCP comentou a venda da unidade grega ao Piraeus Bank, afirmando que a grande vantagem deste acordo é “mitigar o risco grego”. “Liberta 4 mil milhões de euros de activos ponderados pelo risco e deixamos de ter o efeito negativo da Grécia nos resultados”, acrescentou Nuno Amado.
 
(Notícia em actualização)