Voltar
18 junho 2013 12h55

Oliveira Martins: Portugal só sairá da crise actual com convergência social

"Há necessidade de haver uma noção de convergência social, mais importante que a noção de convergência nominal (...) que dê um lugar próprio aos cidadãos na solidariedade", disse o responsável pelo Tribunal de Contas, em Lisboa.
 
Oliveira Martins falava no seminário sobre a "Economia Social, o Emprego e o Desenvolvimento Local", tendo realçado que "não há resposta à crise [actual] sem convergência social e que não também haverá resposta sem a consolidação da coesão económica, social e territorial".
 
Além disso, defendeu como pressupostos para sair da crise que haja justiça distributiva, partilha de responsabilidades e uma "ideia activa de cooperação social".
 
Para Oliveira Martins a resposta à crise faz-se com "mais solidariedade e coesão", pois a superação da situação actual "está nos cidadãos", concluiu.