Voltar
15 maio 2013 12h17

Poupança dos portugueses atingiu em Abril máximo desde 2000

O indicador de poupança da APFIPP/Universidade Católica aumentou 4,8 pontos para 123,9, no mês de Abril e estreou um máximo histórico desde o início da série em Dezembro do ano 2000. O indicador de poupança cresce há quatro meses consecutivos, depois de ter caído em Janeiro pela primeira vez em cinco meses.
 
A poupança das famílias apurada pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP) e pela Universidade Católica corresponde a um nível de poupança de quase 10% do produto interno bruto (PIB) português.
 
O relatório divulgado esta quarta-feira nota que o indicador de expectativa de poupança futura medido pela Comissão Europeia aumentou no mês de Abril.
 
O indicador medido pela APFIPP e pela Católica é medido com base 100 fixada em Dezembro de 2000, período em que a poupança das famílias correspondeu a 8% do PIB. Isto significa que cada 12,5 pontos do indicador correspondem a uma poupança equivalente a um ponto percentual do PIB, refere o relatório.