Voltar
13 maio 2013 10h44

Presidente do Lloyds retira-se quando resultados do banco recuperarem

Winfried Bishoff anunciou a intenção de se retirar do cargo de presidente do conselho de administração do Lloyds Banking Group até Maio de 2014. O momento da sua saída vai depender do tempo que o banco demorar a encontrar um sucessor para o cargo e a decisão foi possível porque o banco está a executar a sua reestruturação antes do previsto.
 
“O Lloyds conseguiu, ao longo dos últimos quatro anos, fazer progressos no seu objectivo de se tornar um banco de retalho e comercial sólido” e, “em muitas áreas, está à frente do planeado”, lê-se no comunicado citado pela Bloomberg. É “portanto uma boa altura para começar à procurar um sucessor”, refere em comunicado.
 
Bishoff assumiu a presidência do conselho de administração do Lloyds em 2009, depois de o banco ter sido recapitalizado com recurso a financiamento público. A saída do responsável sinaliza que a recuperação do banco que tem António Horta Osório está a decorrer de acordo com o previsto, depois de Bishoff ter dito em Junho último que ficaria no banco mais um a dois anos.