Voltar
29 maio 2013 16h03

Primavera vai contratar 40 pessoas para servir Portugal, Espanha, Angola e Moçambique

A tecnológica que se dedica ao desenvolvimento de “software” de gestão pretende “reforçar a sua equipa de desenvolvimento de software de forma a responder atempadamente e em conformidade às crescentes exigências fiscais de todos os mercados onde actua”, explica a Primavera em comunicado.
 
“As crescentes e constantes imposições legais e fiscais, aplicadas sobretudo ao tecido empresarial português, fizeram com que sentíssemos necessidade de reforçar as nossas equipas tanto no mercado nacional como internacional”, referiu José Dionísio, Co-CEO da Primavera BSS.
 
A Primavera conta actualmente com 240 profissionais, espalhados por Portugal, Espanha, Angola, Moçambique e Cabo Verde.