Voltar
18 outubro 2023 11h34

Produção na construção desacelera em agosto na Zona Euro mas sobe na UE

A produção na construção registou uma queda de 1,1% em cadeia em agosto na Zona Euro e diminuiu 0,1%, em termos homólogos. Na União Europeia (UE), a queda em cadeia foi de 0,7%.

Já face ao mesmo mês do ano passado, a produção na construção no conjunto dos 27 Estados-membros subiu 0,2%, de acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo Eurostat.

Numa análise por segmento e face a julho, a produção no ramo da engenharia civil na Zona Euro diminuiu 2,1%, enquanto a produção na área da construção de edifícios caiu 0,7%.

Em termos homólogos, a produção diminuiu 0,6% no setor da construção de edifícios e aumentou 2,6% no segmento da engenharia civil.

No caso da UE, e tendo em conta os mesmos termos de comparação, a produção no segmento da engenharia civil caiu 0,9% e no ramo da construção de edifícios recuou 0,4%.

Face a agosto do ano passado, a produção da engenharia civil aumentou 3,8 %, enquanto a produção do setor da construção diminuiu 0,6%.

Entre os Estados-Membros para os quais existem dados disponíveis, Bélgica e Hungria (ambas com uma queda de 5%), Alemanha (-2,4%) e Áustria (-1,8%) foram as que registaram um maior recuo de do bloco, face a julho.

Por outro lado (4,7%), Polónia (2,1%) e República Checa (2,0%) foram a registaram maiores crescimentos da produção na construção.

Já em termos homólogos, Bélgica (-6,5%), Finlândia (-5,6%) e Áustria (-3,1%) comandam a tabela das perdas, enquanto Roménia (19,3%), Eslovénia (19%) e Espanha (6,9%) foram os Estados-membros que registaram maiores aumentos da produção na construção.