Voltar
09 maio 2013 16h35

Ricardo Salgado defende redução do IRC em Portugal

Ricardo Salgado defendeu, numa conferência organizada pela CIP, a redução do IRC para atrair investimentos. “O IRC em Portugal é 50% acima da média europeia. É preciso dar aos empresários uma perspectiva diferente em relação à carga fiscal”, salientou.
 
O banqueiro mostrou a evolução das taxas de juro cobradas pelos bancos e disse que “se concedermos um crédito fora destas taxas somos penalizados pelas imparidades de imediato. Ninguém nos livra de a troika ou outra autoridade nos obrigar a contabilizar essa imparidade” sublinhou.
As declarações de Ricardo Salgado surgem dois dias após do BES ter reportado prejuízos no valor de 62 milhões de euros, depois de, no primeiro trimestre do ano, ter contabilizado imparidades no montante total de 240,1 milhões, um aumento de 26% face a Março de 2012.