Voltar
20 junho 2013 00h12

São Paulo e Rio de Janeiro cancelam aumento de tarifas do transporte público

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito Fernando Haddad afirmaram que esta diminuição irá onerar o orçamento do estado e da cidade e prejudicar os investimentos.
 
Também o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou ao início da noite de quarta-feira a revogação do aumento de 0,20 reais (cerca de 0,07 euros) da tarifa do transporte público no Rio de Janeiro.
 
Outras seis cidades brasileiras, entre as quais quatro capitais de Estados, já tinham descido as suas tarifas.
 
Os protestos começaram no início de Junho, em São Paulo, exclusivamente contra a subida das tarifas dos transportes públicos, mas estenderam-se a outras cidades no Brasil e noutros países.
 
A repressão policial às manifestações motivou outras pessoas a protestarem pela paz e pelo direito de manifestação, bem como outras queixas, entre quais corrupção e a falta de transparência.
 
Em particular, as manifestações criticam os elevados gastos com a organização de eventos desportivos como o Mundial2014 e os Jogos Olímpicos de 2016, em detrimento de outras áreas como a saúde e a educação.