Voltar
26 junho 2013 00h04

Seguro quer saber como Gaspar teve dados do INE com antecedência

"Acho muito surpreendente que o ministro [Vítor Gaspar] já saiba, com dias de antecedência, quais são os dados que o Instituto Nacional de Estatística (INE) vai divulgar", disse.
 
Segundo o líder do PS, "alguma coisa está mal" e "o Governo tem que explicar". "Porque o INE é uma instituição independente e, se é independente, os números não podem ser do conhecimento do Governo com esta antecedência com que é relatada", frisou.
 
António José Seguro falava aos jornalistas em Évora, à margem de um jantar na terça-feira, 25 de Junho, em que foram apresentados os candidatos socialistas daquele concelho às eleições autárquicas de 29 de Setembro.
 
O secretário-geral socialista aludia às declarações feitas hoje pelo ministro das Finanças, Vítor Gaspar, sobre o défice orçamental em contabilidade nacional no primeiro trimestre.
 
Vítor Gaspar afirmou, na comissão parlamentar de orçamento e finanças, que o défice orçamental em contabilidade nacional no primeiro trimestre pode atingir os 10% caso o INE reclassifique para este ano o aumento de capital com fundos públicos em bancos. Contudo, estes resultados só vão ser publicados pelo INE na próxima sexta-feira.
 
Ainda sobre este tema, António José Seguro declarou que "os portuguese já estão confundidos com tantos números".
 
"A única coisa que os portugueses sabem é que o desemprego continua a aumentar, a economia continua a cair, a dívida pública continua a aumentar e o défice não está controlado, bem pelo contrário", criticou.