Voltar
02 maio 2013 11h36

Siemens revê em baixa previsões de resultados para 2013

De acordo com a empresa, o lucro líquido das operações deverá rondar os 4,5 mil milhões e os 5 mil milhões de euros. Além disso, a Siemens anunciou também que prevê uma “moderada” diminuição de vendas orgânicas, depois de previsões anteriores indicarem vendas estáveis.
 
A redução nas expectativas é um percalço para o CEO Peter Loescher, que pretende implementar um plano para recuperar 6 mil milhões de euros em custos, depois de reconhecer em Novembro que tinha sido lento a reagir à crise económica.
 
“A economia está mais fraca mas essa é apenas uma parte da história” afirmou à Bloomberg o analista Andreas Willi da JPMorgan. Segundo o mesmo, as razões que levam à redução das previsões da Siemens são “os elevados custos em relação a alguns projectos e um desempenho fraco em alguns negócios”.
 
As acções da empresa estão a subir 1,13% para os 80,20 euros, e acumulam uma queda supeiror a 2% desde o início do ano, enquanto as suas duas principais rivais, a ABB e a General Electronic, sobem 12% e 5,5% respectivamente, realça a Bloomberg.
 
O lucro líquido de 982 milhões de euros nos últimos três meses, falhou as previsões de analistas da Bloomberg que esperavam um lucro médio de 1,21 mil milhões de euros. As receitas caíram 6,7% para os 18 mil milhões de euros.
 
Os custos referentes ao atraso de entrega de comboios e projectos de energia já atingiram os 245 milhões de euros.