Voltar
21 maio 2013 15h55

UGT reúne com o Cavaco Silva para analisar situação económica e social do País

Uma delegação da UGT, liderada pelo novo secretário-geral, Carlos Silva, desloca-se esta quarta-feira a Belém para reunir com o Presidente da República, Cavaco Silva. O encontro foi solicitado pela central sindical e está agendado para as 15h30, refere o comunicado da UGT.
 
O documento refere ainda que o objectivo da reunião é apresentar ao “Chefe de Estado as conclusões do seu XII Congresso e abordar a actual situação económica e social do País”.
 
Carlos Silva defendeu na passada quarta-feira, dia em que foi conhecido que economia portuguesa registou no primeiro trimestre do ano uma queda homóloga de 3,9%, que o Governo liderado por Pedro Passos Coelho tem de fazer uma "inflexão" das políticas de austeridade para que o Portugal possa sair da recessão económica em que se encontra.
 
"Urge uma inflexão das políticas do Governo porque mais políticas de austeridade agravam a espiral recessiva do país", afirmou Carlos Silva à entrada para uma reunião com a Confederação Empresarial de Portugal (CIP) no dia 15 de Maio.
 
"Os números do INE só vêm dar razão a quem defende a mudança de políticas do Governo, já que vêm agravar o estado de falta de confiança e a depressão do País", considerou o líder sindical.
 
O líder da central sindical defendeu ainda que o Governo, a troika (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) e as instituições europeias devem "suavizar" as medidas de austeridade aplicadas a Portugal.