Abertura de Conta

  • O Banco Carregosa é seguro?
    O Banco Carregosa orgulha-se de ser uma das instituições mais sólidas da banca europeia, com um rácio de solvabilidade que duplica os níveis exigidos pelo regulador. A média desse rácio mantém-se, sistematicamente, acima dos 20%. O rácio de solvabilidade é um indicador de segurança e solidez das instituições bancárias, traduzido na capacidade de a empresa pagar (solver) as suas dívidas. Para mais detalhes, consulte, por favor, o Relatório e Contas.
  • Como sei se posso ser cliente de banca privada no Banco Carregosa?
    O tradicional cliente de banca privada tem como principal objetivo a preservação do seu património e a rentabilização da poupança. Se essa é a sua prioridade, pode pedir-nos que lhe façamos uma avaliação ao perfil de investidor, sugerindo, se o entender, soluções que vão de encontro aos seus objetivos.
  • Quais os documentos necessários para abrir uma conta?

    Para além de assinar e remeter os documentos que integram o processo de abertura de conta do Banco Carregosa, é necessária a entrega dos seguintes documentos relativos aos titulares:

    • Documento de Identificação: Cartão Único, ou Bilhete de Identidade ou outro documento equivalente nos termos da lei portuguesa.
    • Cartão de Contribuinte: Cartão de contribuinte ou documento equivalente que comprove a identificação fiscal no(s) país(es) de residência.
    • Documento comprovativo de Profissão: Serve, para o efeito, o recibo de vencimento ou declaração da entidade patronal com menos de 3 meses. Caso a profissão exija registo em Ordem Profissional, será aceite cópia do cartão profissional como comprovativo da profissão, devendo juntar comprovativo do registo para o exercício de atividade profissional liberal ou, caso seja profissional por conta de outrem, comprovativo de entidade patronal.
    • Documento comprovativo de Residência/Morada: É suficiente uma cópia de fatura de água, luz, etc., comprovativo de residência fiscal obtido no Portal das Finanças ou declaração da Junta de Freguesia. Apenas serão considerados documentos com menos de 3 meses.
Não encontra resposta às suas questões? Contacte-nos!